“EU ERA CEGO, E AGORA VEJO”

João 9:25

Somos diariamente alvejados por palavras ou atos que visam lançar dúvida sobre a nossa experiência de salvação, sobre a Obra de Deus na nossa vida e lendo o capítulo 9 do Evangelho segundo João concluímos que isto não é de agora. Aquele “ex-cego” por certo estava experimentando de uma alegria a qual nunca havia sentido, mas não obstante à singularidade daquele momento, aproximaram-se dele pessoas que não tinham a mínima sensibilidade para compreender aquele milagre; queriam de toda forma invalidar ou pelo menos diminuir o valor daquela maravilha fazendo o homem acreditar que aquilo era obra de um pecador. Mas no entanto o homem que fora cego não se deixou influenciar e respondeu com muita convicção, sem rodeios, sem ressalvas, simples assim: “eu era cego, e agora vejo”. 

Que possamos tomar esta experiência como exemplo, a fim de também não titubearmos no tocante à nossa experiência pessoal com o Deus que um dia “parou” pra nos ouvir, falou conosco, nos tocou, nos curou e nos salvou! Alguns chegaram a afirmar que não era ele, mas o homem curado testemunhava com muita firmeza: “sou eu”. Que glorioso o entendimento daquele cujos olhos foram abertos (e também nosso, aleluia!) de que inevitavelmente “não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido”!

“EU ERA CEGO, E AGORA VEJO”

2 comentários sobre ““EU ERA CEGO, E AGORA VEJO”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s